sábado, 27 de abril de 2013

Você


A simplicidade
Nos seus olhos,
Lindo.
A mim paraíso
É ver você
Sorrindo.
Agir de forma
A magoar você,
Imperdoável.
Seguir meus dias
Sem você,
Inimaginável.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Segredo



A se você soubesse
Que nesta noite
Sonhei contigo
Lá fizermos coisas
ah, meu Deus
Que nem lhe digo
Corpos se colidindo
Num poldro balanço
Que me latejava
O seu beijo molhado
Me enlouquecendo
Eu lhe apertava
Meus toques adultos
Seu jeito feitiço
Nós sem culpa ou medo
Você só minha
Eu só seu
Um grande segredo
E o mais incrível
Mesmo sendo sonho
Dormimos a mãos dadas
Ao que acordei
Juro que senti
O seu cheiro pela casa

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Tempestuar



 
O vento passeia sofrimentos
Voltas aladas que a tudo vê
O azul floresce ardente
Num mergulho que em nada crê

segunda-feira, 15 de abril de 2013

O amor



 



O namoro é a rosa
As brigas os espinhos
Já o amor, o perfume

domingo, 14 de abril de 2013

Girassóis e Ventanias



Das profundezas escuras
Da terra tão dura
Entre limos e pedras
Sombras e segredos
Deixando o degredo
Surgem girassóis
Seguindo o sol
De arrebol a arrebol
Deixando tabus
A busca da luz
Nutridos de luz
Lhes são obstáculos
As brutas ventanias
Mas com valentia
Os girassóis
Tão persistentes
Olham em frente
Mostrando pra gente,
Como é que se faz
Se luz queremos
Então busquemos

sábado, 13 de abril de 2013

Eu Melhor



Um eu melhor
Remoto amor
Me espera acima
E apenas sei da subida
Dos abismos degraus
Questão central
De inocentes desafios
Tempestades em ludíbrios
Ali Deus, quieto
Tão discreto
Está atento
Ao meu merecimento